(12) 3884.6010 (11) 9.5530.1964 reservas@portlouis.com.br

Carnaval: A história da folia no Brasil

carnaval

Conheça a história do Carnaval no Brasil e suas origens

No Brasil, eis um ditado: “O ano só começa depois do carnaval”! É claro que não é bem assim que funciona. Na verdade, temos dois pontos de vista: o operacional e o estratégico. 

Acontece que as pessoas, na sua grande maioria, se desligam em janeiro aproveitando as férias escolares para viajar e ficar mais próximos dos filhos.

Como o carnaval é muito próximo de janeiro e tende a gerar uma desaceleração de quase 10 dias no calendário corporativo, é comum que empresários e pessoas com poder de decisão deixem tudo que é novo ou problema para depois do Carnaval, apenas se preocupam em manter o operacional funcionando bem. 

Mas você conhece a história que tem por trás de uma data tão esperada por muitos? 

Nós da pousada em Caraguatatuba, Port Louis, mergulhamos nesse universo histórico do nosso país e descobrimos informações incríveis sobre o nosso carnaval. 

O Início do Carnaval no Brasil 

Em meados do século XIX, no Rio de Janeiro, surgiu uma das primeiras manifestações carnavalescas no Brasil, o entrudo. Eram brincadeiras carnavalescas portuguesas no período inventadas no final da Idade Média (por volta do século XV) e muito praticada pelos escravos. Eles saíam pelas ruas com rostos pintados, jogando farinha e bolinhas de água de cheiro nas pessoas. No Brasil, a prática do entrudo passou a ser criminalizada e enquanto o entrudo era reprimido nas ruas, a elite do Império criava os bailes de carnaval em clubes e teatros, e as sociedades, que passaram a desfilar nas ruas da cidade.  

Cordões, ranchos e marchinhas 

No final do século XIX foram criados os cordões e ranchos. Os primeiros incluíam manifestações populares, como a capoeira e os zé-pereiras, tocadores de grandes bumbos.  

As marchinhas de carnaval surgiram na mesma época com a Chiquinha Gonzaga, como a música O Abre-alas. 

samba somente surgiria por volta da década de 1910, com a música Pelo Telefone, de Donga e Mauro de Almeida. 

Escolas de samba e trio elétrico 

As escolas de samba surgiram na década de 1920. As primeiras teriam sido a Deixa Falar, que daria origem à escola Estácio de Sá, e a Vai como Pode, futura Portela. A primeira disputa ocorreu em 1929. 

As marchinhas conviveram em notoriedade com o samba a partir da década de 1930. Uma das mais famosas marchinhas foi: Os cabelos da mulata, de Lamartine Babo e os Irmãos Valença.  

O Sambódromo carioca e os desfiles 

As escolas de samba e o carnaval carioca se tornaram uma importante atividade comercial a partir da década de 1960. Em São Paulo, também houve o desenvolvimento do desfile de escolas de samba a partir desse período. 

Em 1984, foi criada no Rio de Janeiro a Passarela do Samba, ou Sambódromo, sob o desenho arquitetônico de Oscar Niemeyer. A edificação passou a ser um dos principais símbolos do carnaval brasileiro. 

Carnaval Hoje 

O carnaval, além de ser uma tradição cultural brasileira, passou a ser um lucrativo negócio do ramo turístico e do entretenimento. Milhões de turistas dirigem-se ao país na época de realização dessa festa, e bilhões de reais são movimentados na produção e consumo dessa mercadoria cultural. 


Sarita

Sou diretora de Conteúdo na Divulggare que é a agência responsável para administrar e publicar os artigos no blog da Pousada Port Louis.

You must be logged in to post a comment

pt Portuguese
X